compartilhar esta notícia no facebook

publicada em 29/11/2016

Mirassol FC lamenta tragédia ocorrida com a Chapecoense na Colômbia

(Mirassol-SP) - A diretoria do Mirassol Futebol Clube e seu corpo de funcionários lamenta a queda do avião que levava a delegação da Chapecoense-SC a Medellín, na Colômbia, ocorrida na madrugada desta terça-feira (29). O time catarinense iria disputar a final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na quarta-feira (30), e entre as vítimas está o volante Sérgio Manoel, que tinha contrato até dezembro de 2018 com o Leão da Araraquarense e que está emprestado ao clube de Santa Catarina até o final desta temporada.

"É com muita tristeza que recebemos esta notícia. O Sérgio Manoel, que atuou conosco no Campeonato Brasileiro da Série D de 2011 e no Paulistão de 2012, sempre foi um exemplo de profissional e de pessoa", disse o presidente do Mirassol FC, Edson Antonio Ermenegildo. "Também lamentamos muito a tragédia que ocorreu com a delegação da Chapecoense e jornalistas brasileiros - que acompanhavam a equipe no voo", acrescentou.

As primeiras informações apontam que a aeronave caiu a cerca de 50 quilômetros da cidade colombiana por causa de uma falha elétrica. O avião tinha 81 pessoas a bordo entre 72 passageiros e nove tripulantes. Até o momento foram confirmadas 75 mortes. Os únicos sobreviventes do voo foram os jogadores Alan Ruschel, Neto e Jakson Follmann; a aeromoça Ximena Suárez e o jornalista Rafael Henzel.

O avião levava a delegação da Chapecoense, além de dirigentes do clube e jornalistas da Rede Globo, Fox Sports e da imprensa de Chapecó-SC.

Fonte e arte: Vinicius de Paula/Agência Mirassol FC

 

Deixe seu comentário aqui

 

  voltar

Próximo jogo

 


Não há jogo agendado até o momento.

 


Jogo anterior

1 x 3
15/10/2017 às 10:00hs - Copa Paulista
Estádio Novelli Júnior, em Itu

Parceiros & Patrocinadores